Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 3 de abril de 2012

O nascimento de um Ciferal Dinossauro ( Viação Cometa )


Por Adamo Bazani - Cometa além de o produto não ter saído como a empresa queria.
Veja só a influência da Cometa nesta época, a ponto de fazer com que a indústria se mobilizasse em prol dela e não da frotista em prol dessa indústria.No ano de 1961 nascia a parceria, talvez a mais emblemática de toda a história, entre a Viação Cometa, a Ciferal e a Scania.
Primeiro foi o Ciferal Papo Amarelo, sobre chassi B 75.
Mas a Cometa precisava de exclusividade. Viria então o Ciferal Jumbo e Turbo Jumbo, um modelo personalizado para a Viação do Ciferal Líder.




A Cometa começava a ter exclusividade.
Mas o Ciferal Turbo Jumbo ainda estava só a caminho de se aproximar de um Morumbixaba.
A empresa e a Ciferal sentaram juntas e elaboraram o Dinossauro, o ônibus que de fato se aproximaria dos norte-americanos e que dividiria a linha da história do setor.
Modelo exclusivo e com vários diferenciais dos fabricados pela indústria brasileira.
Um dos destaques para o duralumínio da carroceria.
Um material mais leve, da família da liga metálica alumínio cobre.
Formado por cobre, magnésio, manganês e silício, é mais leve. Isso reflete em maior rendimento e velocidade para o motor, que com a mesma potência, tinha de tracionar menos peso. Por conta disso também havia menos gasto de combustível e desgaste de freios e pneus, entre outros componentes.
O duralumínio tem maior resistência mecânica à temperatura ambiente, mas não é tão resistente à oxidação e à soldabilidade como o alumínio.
Utilizado até na aeronáutica, o Durem foi desenvolvido na Alemanha em 1906 pelo químico Alfred Wilm.
A carroceria Ciferal Dinossauro foi apresentada ao público pela primeira vez sobre chassi Scania BR 115, no Salão do Automóvel de 1972.
E o veículo roubou a cena, até mesmo dos carros de passeio.
Era diferente das linhas extremamente retas ou extremamente arredondadas dos ônibus brasileiros. Era um design equilibrado.
O sucesso foi grande no ano seguinte nas ruas e estradas.
Pelo seu peso menor e a potência do BR 115, ninguém segurava o Dinossauro na estrada.
Em 1974 sofreu algumas alterações, mas ainda não era o Dinossauro II.
A segunda geração viria em 1976, concomitante com o lançamento do chassi Scania BR 116.
O interior foi renovado, a lataria ganhou mais detalhes, as janelas tiveram algumas alterações e os parachoques que eram de alumínio começaram a ser feitos de fibra, para maior segurança dos outros veículos e menor peso ainda do Dinossauro.
Não bastasse o pioneirismo de ser um veículo que trouxe novos conceitos de design, construção, desempenho, visibilidade e conforto, o Dinossauro protagonizou outro feito.
A Legislação Brasileira de 1979 previa a construção de ônibus maiores para os padrões da época. O comprimento poderia chegar a 13,20 m.
E o primeiro ônibus a ter essa dimensão, já em 1979, foi um Dinossauro.
A saga desses poderosos ônibus sofreria um baque em 1982.
A Ciferal entrava em falência. Além de problemas administrativos, as dificuldades impostas pela inflação, o cancelamento de um pedido de 1200 carrocerias para trólebus feito pela CMTC provocaria sérios problemas financeiros. A Ciferal já tinha aumentado a linha de produção, comprado matéria prima, contratado mais funcionários e não teve o retorno do investimento já feito.
A Cometa, sempre em busca da exclusividade, decidiu no mesmo ano criar a CMA – Companhia Manufatureira Auxiliar e continuou fabricando os ônibus dessa linha, com os nomes de Flechas, que reinaram entre 1983 e 1999.
A cada Flecha, uma inovação até a fabricação do Estrelão, um CMA Scania de três eixos com linhs mais quadradas que tentava mesclar sofisticação à robustez dos Flechas. Apesar de ter o seu charme, de longe não teve o Glamour dos Dinossauros e dos Flechas.
Em 2001, a Cometa foi comprada pelo Grupo JCA, de Jelson da Costa Antunes, dono da Auto Viação 1001, Viação Catarinense, Empresa Macaense, Rápido Ribeirão, entre outras.
A CMA não entrou no negócio e a empresa deixou de ter veículos únicos.
Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Combata a Dengue!

Image and video hosting by TinyPic